domingo, 26 de Outubro de 2003

Palimpsestos

Entre o dialogismo, a paródia, o intertexto, conforme o baptismo de diversos autores, o Almocreve das Petas fez uma admirável colagem de textos, espécie de posts dos posts com música de fundo a soar a cravo. Dotada de geometrias quase perfeitas, coisa do pedreiro do início do mundo (ou não fosse o críptico nome do autor Masson), tem o Cesariny como tutor e acaba a falar de melodia e entusiasmos latinos, próprio de quem não convive devidamente com uma aragem cool. Gostei (a propósito, já se lembraram de derivar a discussão suscitada pela Bomba, através da comparação entre o maçon criador-pedreiro e o novo herói pós-iluminista escritor ?)