quinta-feira, 30 de Outubro de 2003

Mauzões da bola

O Mata-Mouros entrou decisivamente na concorrência como o Record, com a Bola e sobretudo com o Jogo. Sempre passa a ter um bocadinho mais de mourama contra quem poderá disparar as chuteiras e a ira cristã. É uma malta gira, esta do MM, que ainda se ofende com cristalina indignação e sem efusão de sangue, como diria o Sena. Gosto de ver. Gosto de ler. Parabéns.

E ainda há a Casa dos Bicos, caros Marretas